terça-feira, 16 de novembro de 2010

Cravei os dedos no coração.
Rodopio de palavras sujas de sangue,
uma mão marcada no teu corpo.
Fico assim, presa a ti,
às memórias de um passo incerto,
das pegadas que talvez se unam,
um dia, sem o saberem.

19 comentários:

Batom e poesias disse...

Joana
Pegadas mudam de rumo...
Um dia, quem sabe?

Denso, triste e belo poema.

bjcas
Rossana

Alguém... disse...

As recordações talvez mudem, talvez.

Beijinho*

Canto da Boca disse...

Uma espécie de inscrição rupestre, gravada na memória, nas paredes do coração!
... Ainda bem que a vida é possível, e a única coisa imutável, é que nela, tudo é mutável!

Beijos, querida!!

Insana disse...

Caminhar devagar, sabendo onde pisar.

bjs
Insana

ana cristina disse...

escreves tão bem!

Brisa disse...

Neste rodopio de palavras,estão memórias de um passado.Mas a esperança,permanece no coração magoado.
Com poucas palavras escreveste um belo poema

Beijo

São disse...

Profundo, denso ...e belo.

Um bom fim de semana.

Bruna disse...

sempre a marcas que ficam para sempre em um coração, a lembrança e as esperanças fazem com que essas marcas se eternizem em nossas memorias
Uma sexta feira cheia de magia pra você

um beijo !

Bruna disse...

sempre a marcas que ficam para sempre em um coração, a lembrança e as esperanças fazem com que essas marcas se eternizem em nossas memorias
Uma sexta feira cheia de magia pra você

um beijo !

Solfejando poesia disse...

Palavras e cenas fortes, incisivas!
Fazem sempre com que eu volte aqui pra beber desse líquido vital!

Estou no Repouso das Letras!
Venha me ver!

http://repousodasletras.blogspot.com/2010/11/ao-final-do-dia.html

Beijos!

ana cristina disse...

obrigado eu pelas tuas palavras :D

GarçaReal disse...

As pegadas do futuro ninguém sabe e a palavra "nunca" deve estar ausente de nós............
Afinal há que esperar e ter a esperança como companheira.

Gostei do teu texto

Bom domingo

Bjgrande do Lago

PauloMitchell disse...

É bonito reviver memórias... na minha opinião.

Obrigado pelo comentário :*

O Árabe disse...

Um dia, em algum lugar, as pegadas se unirão... embora talvez não o percebam. :) Boa semana, Joana!

Solfejando poesia disse...

Oi, querida!
Não mudei de blog, apenas estou colaborando em outros dois outros blogs conjuntos agora! Ou seja, estou postando com outras pessoas!
Mas meu Mudança dos Ventos continua de pé. rs

Beijos!

Álly

Sara disse...

Gostei mesmo muito *

m * disse...

joana , tu escreves tão mas tão bem ! Juro , nunca pares de escrever , tens um dom , nota-se . beijinho *

PauloMitchell disse...

Obrigado :)

mb disse...

Escreves muito bem, continua assim, obrigada pelo apoio (:

Beijinhos ^^