quinta-feira, 27 de janeiro de 2011

Abraço-me a ti,
à luz que me deixa perdida,
adormecida nos sonhos que me embalam...
Relembro o desenho das tuas mãos,
do som da tua voz,
de cada momento em que as palavras fogem
e se prendem à falta que me fazes.

16 comentários:

PauloSilva disse...

Esta gente faz-me ficar fora de mim - totalmente! Mas pronto, é que já nem é a primeira vez! -.-'

A saudade apaga-nos a luz que nos foi acendida no peito com o calor de um abraço. Mas cabe-nos a nós continuar a alimentar a chama. Ergue a cabeça e sorri, pois se consegues relembrar o som da sua voz é porque ainda amas. O Homem que ama tem tudo para ser feliz (:

PauloSilva disse...

Exacto. Mas não podemos deixar aquilo que nos faz felizes :)

PauloSilva disse...

Ah, compreendo *

Juliane S. Rocha disse...

Quem não sente saudades do que é bom.
Beijos...

Canto da Boca disse...

(se a gente pudesse escolher todas as palavras que gostaríamos de escrever...)

Mia disse...

O sentimento de alguém fazer-nos falta é terrivel =$ força* beijinhos

São disse...

Toda a gente faz falta, sabia?

Aqui deixo o meu abraço grande.

PauloSilva disse...

Apeteceu-me simplificar, ainda bem que gostaste :)

Mia disse...

Boa Tarde =) Deixei um selinho para ti no meu blog* Se quiseres aproveita-o! Um beijinho

O Árabe disse...

Belo, amiga. Muitas vezes, o sentimento é realmente tão grande que nos fogem as palavras. :) Boa semana!

PauloSilva disse...

Tens razão :x

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

que saudade bom tive ao ler esse texto,
essa ideia de no outro deixar-se em abraços

PauloSilva disse...

Muito obrigado Joana.

Insana disse...

Que abraço profundo.

bjs
Insana

mary disse...

As saudades são , pra mim , o pior de tudo . apertam o coração . desesperam . não gosto da saudade , se pudesse , era a unica coisa q mudava . beijinhos *

Bruna disse...

Apaixonante eesse pequeno verso
tenha um otimo diia

beeijo