quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

Passos que caminham sem pensar, o tempo foge por entre os dedos entrelaçados nos teus, nas recordações que me silenciam as saudades...Se te tivesse aqui. Ao meu lado, a ouvir tudo o que o coração não sabe dizer, o que nenhuma palavra pode dar.

6 comentários:

A.S. disse...

Ás vezes o silêncio diz mais que todas as palavras! As saudades doem, mas amor e dor são o destino de quem ama!


Beijos!
AL

Paula disse...

Equilibrio entre ser e estar, pensar e amar. (:

Sandra Portugal disse...

busque nas recordacoes os registros que o tempo nao vai apagar! e citando um autor brasileiro conhecido...se chorei ou se sorri..o importante e' que emocoes eu vivi...
Pode parecer simplista, mas a experiencia demostra que mesmo esses momentos de sentidas perdas, sao para nos aprendizado.
bjs Sandra
http://projetandopessoas.blogspot.com//

PauloSilva disse...

Eu só consigo brilhar quando tenho quem me ajuda a fazê-lo.

Adorei *

ana cristina disse...

aquilo não era o final querida :)

Canto da Boca disse...

(a palavra talvez não saiba se dizer, mas a clareza dos sentidos, através dela, faz com que tudo seja dito!)

Beijinhos!!!