segunda-feira, 3 de janeiro de 2011

Talvez um dia...

Talvez um dia, perdida por entre os silêncios das palavras, no amor com que pinto a lua que me ilumina...Talvez um dia um grito da alma nos prenda, nos arranque os pés que deixamos no chão, nas mãos que te agarram..."Sou toda tua". Palavras que te dou, soltas no pó que cai sobre nós, em cada noite em que sonho contigo, vento que te leva tudo o que te quero dar...

9 comentários:

Canto da Boca disse...

Qualquer entrega só vale a pena se for assim, sem pés no chão, sem limite, sem razão... E tão forte quanto as forças da natureza...

Paula disse...

Talvez sim, talvez não!...

Bom ano (:

ana cristina disse...

vem aos poucos :)

Insana disse...

Que venha 2011, pois
Será o ano do Sol a iluminar. Grandes e Pequenos Passos.
Será ano Impar unilateral
Será o ano do Coelho multiplicador

Plante a semente da vontade
Regue com o dose desejo
E terá bons frutos para colher..

Um feliz 2011 da Insana

OBS desculpe a ausência nas festas..

GarçaReal disse...

A beleza da entrega na balada do amor.

Está lindo

Boa semana

Bjgrande do Lago

sonho disse...

O vento tudo leva...mas tambem tudo pode trazer...:)
Bom Ano Novo!
Beijo d'anjo

O Árabe disse...

Um dia, sim.. decerto virá esse dia! E desejo que o encontres neste novo ano. :) Feliz 2011!

Alguém... disse...

Basta acreditar querida*

mary disse...

Desculpa querida , n tenho vindo ao blog , um bom ano pra ti também , com tudo de bom !